Modelo de educação em saúde auditiva

Propostas desenvolvidas com a Teleducação Interativa caracterizam um trabalho que tem sido aprimorado ao longo dos anos, com enfoque na hierarquização do conhecimento. É o que concluíram as pesquisadoras Wanderléia Quinhoneiro Blasca, Jéssica Kuchar, Cássia de Souza Pardo-Fanton, Ana Carolina Soares Ascencio e Adriana Pessuto, autoras do estudo “Modelo de educação em saúde auditiva”. SegundoContinue a ler “Modelo de educação em saúde auditiva”

Dispraxia verbal: pesquisa analisa processos de substituição

Os processos de substituição que ocorrem na fala de pessoas com Dispraxia Verbal ocorrem, de modo geral, em palavras com mais de duas sílabas, em alvos líquidos e fricativos, dentro do pé-métrico do acento (em tônica e pós-tônica), em posição de onset simples medial e coda final. Essa é uma das análises do estudo “Processos de substituiçãoContinue a ler “Dispraxia verbal: pesquisa analisa processos de substituição”

Dessonorização e idade da criança: pesquisa investiga relação

O processo fonológico de dessonorização possui alta ocorrência em crianças com desvio fonológico, sendo mais prevalente para consoantes plosivas. É uma das conclusões das pesquisadoras Helena Bolli Mota, Aline Berticelli, Cintia da Conceição Costa, Fernanda Marafiga Wiethan e Roberta Michelon Melo. “A idade não influencia a ocorrência deste processo e a gravidade do desvio éContinue a ler “Dessonorização e idade da criança: pesquisa investiga relação”

Pesquisas em disfagia dificultam prática baseada em evidências

  Pesquisas científicas estão fortemente relacionadas às formas de identificação de disfagia, e não às características proporcionadas pela deglutição de diferentes consistências, segundo estudo “Alimentos na consistência líquida e deglutição: uma revisão crítica da literatura”. O objetivo do trabalho foi analisar artigos científicos internacionais publicados sobre a fisiologia da deglutição de alimentos líquidos nas fasesContinue a ler “Pesquisas em disfagia dificultam prática baseada em evidências”

Fonoaudiologia na Bahia: semelhanças com a constituição da área no Brasil

Os cursos de fonoaudiologia foram implantados no Estado da Bahia em 1999, mas a história da área na cidade de Salvador é mais antiga. Segundo as pesquisadoras Rina Tereza D´Ângelo Nunes e Suzana Magalhães Maia, essa história se articula, em muitos aspectos, com as preocupações que vêm marcando o campo da fonoaudiologia. Autoras do estudoContinue a ler “Fonoaudiologia na Bahia: semelhanças com a constituição da área no Brasil”

Falta de mão de obra especializada e exclusão digital prejudicam projetos de Telefonoaudiologia

Os pontos fortes de projetos na área de Telefonoaudiologia estão concentrados na competência administrativa, enquanto os pontos fracos estão identificados na competência de sustentabilidade, necessitando de ações específicas para diminuir os efeitos negativos durante a execução destes projetos pelos seus responsáveis. Estas são as conclusões do estudo “Aplicação de instrumento administrativo para orientação das pesquisasContinue a ler “Falta de mão de obra especializada e exclusão digital prejudicam projetos de Telefonoaudiologia”

Dislexia: treinamento da correspondência grafema-fonema

  A dislexia é caracterizada como um distúrbio específico de aprendizagem, de origem neurológica. É caracterizado pela dificuldade com a fluência correta na leitura, além de dificuldade na habilidade de decodificação e soletração, resultante de um déficit em componentes da linguagem. As pesquisadoras Daniele de Campos Refundini, Maíra Anelli Martins e Simone Aparecida Capellini, autorasContinue a ler “Dislexia: treinamento da correspondência grafema-fonema”

Treino em consciência fonológica recupera atrasos em linguagem escrita

Atrasos de linguagem escrita, um problema que afeta número significativo de alunos brasileiros do Ensino Fundamental, podem ser revertidos por meio do treino em consciência fonológica, que é a capacidade de separar, de modo consciente, as palavras em suas menores unidades: sílabas e fonemas. É o que afirma a pesquisadora Neusa Lopes Bispo Diniz, autoraContinue a ler “Treino em consciência fonológica recupera atrasos em linguagem escrita”

Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade: pesquisa aponta dificuldades no acesso à faculdade de linguagem

Interessados em descobrir se crianças com diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) apresentam desempenho em tarefas de leitura diferente do apresentado por crianças sem o transtorno, quatro pesquisadores realizaram cinco experimentos psicolingüísticos. Os resultados foram apresentados no estudo “Processamento da linguagem no Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)”. Guiomar Albuquerque,Marcus Maia,Continue a ler “Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade: pesquisa aponta dificuldades no acesso à faculdade de linguagem”

Mastigação ruim em adultos: pesquisadoras analisam autopercepção e fatores associados

Perdas de dentes, má oclusão dentária, distúrbios e até cáries podem resultar em dificuldades de mastigação e deglutição que, por sua vez, podem levar a quadros transitórios ou permanentes de incapacidade bucal. A insatisfação mastigatória é um importante indicador de incapacidade bucal, que se refere a dificuldades de consumir alimentos muito fibrosos ou duros, alémContinue a ler “Mastigação ruim em adultos: pesquisadoras analisam autopercepção e fatores associados”