Bibliotecas dos CEUs precisam romper barreiras para ampliar público, defende pesquisadora da USP

Moradora da periferia paulistana, a bibliotecária Charlene Kathlen de Lemos imaginava que bastaria uma biblioteca chegar a uma região mais extrema e pobre para que os moradores imediatamente passassem a frequentá-la. Não foi o que ela observou, entretanto, durante a pesquisa que deu origem à sua dissertação de mestrado na Escola de Comunicações e ArtesContinue a ler “Bibliotecas dos CEUs precisam romper barreiras para ampliar público, defende pesquisadora da USP”

Mário de Andrade, inquieto e conectado

Uma exposição dividida em módulos, com mais de 440 itens e cheia de gavetinhas que qualquer um – inclusive as inquietas crianças, para alívio dos pais sempre cheios de dedos – pode abrir e remexer à vontade. Assim é “Ocupação Mário de Andrade”, que será inaugurada para o público na próxima sexta-feira, dia 28 deContinue a ler “Mário de Andrade, inquieto e conectado”