Três dicas para construção de conteúdo em um perfil de rede social digital por pessoas em estado de adoecimento que buscam colocação profissional

foto_15

Redes sociais digitais são mais do que um hobby ou distração. Elas podem se transformar em poderosas ferramentas de inclusão social e de busca por colocação profissional. Para que isso aconteça, entretanto, é importante que a imagem projetada seja adequada aos objetivos pretendidos pelo profissional. O que fazer, porém quando a pessoa por trás das redes sociais digitais, a pessoa da vida real, está passando por um período de sofrimento ou de adoecimento que a impede de projetar uma imagem saudável e equilibrada?

Quem não é visto não é lembrado, e simplesmente afastar-se das redes sociais pode levar ao esquecimento, prejudicial à pessoa em estado de adoecimento que busca por uma colocação profissional. Ao mesmo tempo, muito receiam expor sua situação real, por acreditarem que a condição de saúde dificultará ou impedirá uma contratação. É possível, porém, manter-se ativo no mundo virtual sem expor as dificuldades enfrentadas no mundo físico. Os dois mundos devem trabalhar em conjunto, e a melhor forma de conseguir isso é criar uma persona virtual.

A produção de conteúdo é uma moeda de trocas. Mais do que likes ou comentários, ao produzir conteúdo o autor compartilha sua visão de mundo e pode, através dela, angariar seguidores e/ou admiradores, que a qualquer momento podem lhe recomendar para um trabalho ou cargo. E isso pouco tem a ver com a forma física ou lugares da moda frequentados pelo conteudista. Para compartilhar conteúdo é preciso, primeiro, desenvolver conteúdo interno, através da aquisição de conhecimento.

1) Construa uma presença digital saudável. Você pode estar em processo de adoecimento, mas seu perfil digital pode – e deve – projetar a pessoa saudável que você está se esforçando para voltar a ser. Escolha uma fotografia de perfil que represente sua busca por saúde – pode ser uma foto antiga ou mesmo ou caricatura e mantenha-na pelo tempo que achar necessário. Pessoas que enfrentam tratamentos de saúde atravessam períodos de mudança brusca de aparência, e isso pode confundir empregadores e recrutadores.

2) Defina uma linha editorial para suas postagens. Não é só a aparência que está sujeita a mudanças bruscas durante um tratamento de saúde. O humor, a disposição também variam, e em alguns momentos a pessoa pode mostrar-se com raiva, por exemplo. Defina previamente quais as emoções que pretende compartilhar em suas redes sociais, e se possível ou necessário, prepare algumas postagens para compartilhar nos momentos mais difíceis, sobretudo aqueles nos quais o isolamento e a auto-preservação são os objetivos principais.

3) Escolha um livro de cabeceira. Pode ser um livro de negócios, um romance ou mesmo uma biografia que aborde a mesma condição de saúde que você apresenta. Compartilhar pequenos trechos desse livros, em várias postagens, é uma forma de mostrar à sua rede de amigos, familiares e conhecidos, assim como aos possíveis empregadores, que tipo de leitura o atrai e prende sua atenção nos momentos em que você se dedica a outras atividades.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s