Com o objetivo de investigar o que imaginam estudantes de Educação Física sobre o tema vida saudável, os pesquisadores Alex Fialho, Aline Vilarinho Montezi, Fabiana Follador e Ambrosio, e Tânia Maria José Aiello-Vaisberg conduziram o estudo “O imaginário coletivo de estudantes de educação física sobre vida saudável”.
A partir de entrevista coletiva com 27 alunos de curso de graduação em Educação Física, os pesquisadores observaram que o imaginário coletivo de estudantes de Educação Física sobre uma vida saudável é sustentado pelo campo “responsabilidade individual”,  que opera fortalecendo as responsabilidades individuais na busca pela saúde, em detrimento de compreensão que considera os aspectos sociais, históricos, econômicos e políticos da vida humana. “Nesse sentido, a aparente desconexão das condições concretas do viver indicam a crença em um homem dominado e determinado pelos elementos de seu psiquismo, vale dizer, pelos aspectos internos, muitas vezes inconscientes, constituintes de sua psique”, destaca o estudo.
Os resultados apontaram ainda que uma parcela significativa da comunidade científica enfatiza a importância de adotar a promoção da saúde de maneira ampliada, responsabilizando não somente o indivíduo, mas os profissionais da saúde e o Estado.  “Nesta linha, apontam que as problemáticas sanitárias – fatores que escapam ao controle individual, tais como a poluição do ar, das águas, ou as práticas de prevenção de moléstias infectocontagiosas – requerem politicas públicas sustentadas e consistentes”, ressaltam os autores.
O estudo aponta ainda a importância de se levar em conta a complexidade do tema, destacando que os hábitos de saúde têm raízes na história das civilizações e estão associados às relações culturais, educacionais, desenvolvimento econômico, político, estruturas sociais. “A simples mudança de comportamento não é suficiente para transformações profundas”, reforçam os pesquisadores.
Texto escrito por Silvana Schultze, do blog http://www.meunomenai.com
Para conhecer o estudo completo, acesse o link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32892014000300626&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt