Rastreamento de sinais de autismo em irmãos

Muitos pais de autistas se perguntam se outros filhos seus teriam a síndrome. Essa mesma pergunta foi o ponto de partida para o estudo “Rastreamento de sinais e sintomas de transtornos do espectro do autismo em irmãos”, que utilizou como ferramenta o Questionário de Comportamento e Comunicação Social para analisar 19 famílias com diagnóstico ou suspeita de autismo. “Foram confirmados dois casos de irmãos com TGD (10,52% dos casos), sendo um irmão gêmeo monozigótico e um irmão de um probando com diagnóstico de síndrome de Asperger”, descreve o estudo.

Os autores, Tatiana Pontrelli Mecca, Riviane Borghesi Bravo, Renata de Lima Velloso, José Salomão Schwartzman, Decio Brunoni e Maria Cristina Triguero Veloz Teixeira, destacam ainda que os dados se aproximam dos achados que relatam 10% de recorrência familiar em gêmeos dizigóticos. “Esse resultado salienta a necessidade de efetuar o rastreamento desse transtorno não só na criança avaliada, mas também em seus irmãos”.
Os autores explicam ainda que, para identificar a ocorrência familiar dos Transtornos do Espectro do Autismo em irmãos, são utilizados preferencialmente escalas e inventários de rastreamento. “Esses instrumentos têm algumas vantagens, entre elas o custo relativamente baixo associado a seu uso e sua elevada sensibilidade para identificar alterações clínicas do espectro do autismo”.

Com base nos resultados, a recomendação do estudo é que equipes de saúde que avaliam crianças com suspeita de TEA também realizem, sempre que possível, o rastreamento do transtorno nos irmãos. “Tal estratégia permitirá conhecimento detalhado das manifestações desse transtorno nas famílias, propiciando melhor assistência às mesmas”, concluem os pesquisadores.

Texto escrito por Silvana Schultze, do blog www.meunomenai.com

Para conhecer o estudo completo, acesse o link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81082011000200009&lng=pt&nrm=iso

Se você gostou deste texto, poderá gostar também de:

http://meunomenai.com/2013/10/11/criancas-com-autismo-de-alto-funcionamento-podem-avaliar-sua-qualidade-de-vida-e-dizer-o-que-as-faz-felizes-afirma-pesquisadora/

http://meunomenai.com/2013/10/02/evitando-o-habito-de-morder-em-autistas/

http://meunomenai.com/2013/09/15/historias-sociais-ferramenta-para-desenvolver-habilidades-sociais-de-autistas/

http://meunomenai.com/2013/09/14/planejando-ferias-com-uma-pessoa-autista/

http://meunomenai.com/2013/09/11/o-que-fazer-quando-o-autista-tem-o-habito-de-agredir-a-si-mesmo-durante-uma-crise/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s