Enfermeiros-gerentes: pesquisa aponta deficiências e facilitadores na formação acadêmica em enfermagem


A profissão de enfermeiro possui uma divisão do trabalho entre os diferentes membros de uma equipe. Dispostos a compreender a contribuição do ‘ser enfermeira’ no cotidiano de trabalho do ‘ser gerente’ no contexto hospitalar, os pesquisadores Ludmila Mourão Xavier-Gomes e Thiago Luis de Andrade Barbosa desenvolveram o estudo “Trabalho das enfermeiras-gerentes e a sua formação profissional”.

Por meio de entrevistas com enfermeiras de três instituições hospitalares, os pesquisadores constataram que a formação acadêmica de enfermagem conferiu às enfermeiras o conhecimento e as habilidades para o exercício profissional e para a adoção de uma visão administrativa. “A vivência do ‘ser enfermeira’ é descrita como facilitadora das funções gerenciais”, destaca o estudo.

Também se observaram deficiências na formação acadêmica relacionadas às funções administrativas. “Percebe-se que o ensino de graduação na enfermagem necessita ser reordenado, buscando a formação de profissionais que estejam em sintonia com as rápidas transformações da sociedade contemporânea”.

Em relação ao perfil das enfermeiras-gerentes pesquisadas, verificou-se que a maior parte (70%) era constituída de profissionais com até 40 anos, e 27% encontravam-se na faixa etária entre 41 e 50 anos. “Percebem-se, assim, profissionais jovens nos cargos de gerência”, afirmam os pesquisadores. Quanto ao perfil profissional, 33% concluíram o curso de graduação em instituições privadas e 67%, em universidades públicas. Em se tratando da formação acadêmica, 45% das gerentes possuíam entre seis e dez anos de formada; 33%, de um a cinco anos; e apenas 22%, mais de vinte anos de formada. Quanto à qualificação, todas realizaram cursos de pós-graduação lato sensu, sendo que 55% eram especialistas em administração hospitalar. Quanto ao tempo de cargo de gerente, 78% possuíam de um a três anos no cargo e apenas 22% tinham mais de cinco anos à época da coleta de dados para a pesquisa.

Texto escrito por Silvana Schultze, do blog www.meunomenai.com

Para conhecer o estudo completo, acesse o link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-77462011000300006&lng=pt&nrm=iso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s