Imagem

A instituição Autismo Madrid divulgou um vídeo sobre as necessidades de crianças com autismo. Em espanhol, tem pouco mais de quatro minutos e pretende provocar a reflexão sobre dez questões principais:

  1. Antes de tudo, e o mais importante, a criança autista é uma criança.
  2. As percepções sensoriais da criança autista estão desorganizadas, e portanto não se pode esperar reações iguais às de uma criança ou pessoa que já tem essas percepções organizadas.
  3. Existe uma diferença entre o “não querer” e o “não consigo” da criança autista, como em qualquer outra criança ou adulto.
  4. A criança autista pensa de modo concreto. Ela tem dificuldades para pensamentos abstratos, e por isso suas interpretações das coisas – ações e falas – são literais.
  5. Seu vocabulário é limitado, e exige paciência de quem convive com ela.
  6. Como a linguagem é muito difícil para a criança autista, ela orienta-se muito pela visão.
  7. O desenvolvimento da criança autista será mais visível se for priorizado o que ela sabe fazer, construindo-se a partir disto, em vez daquilo que ela não consegue fazer.
  8. A criança autista precisa de ajuda com as atuações sociais – situações em que ela convive com as pessoas e nas quais são esperados determinados comportamentos. É preciso explicar – e mostrar, se possível com figuras – quais são esses comportamentos e como ela deve desempenhá-los.
  9. É importante tentar identificar o que desencadeia explosões – de raiva ou de ansiedade – na criança autista, para evitar essas situações ou preparar antecipadamente a criança autista para enfrentá-las de modo sereno.
  10. A criança autista precisa de ajuda incondicional.

Veja o video em:  http://www.autismomadrid.es/autismo/diez-cosas-que-a-los-ninos-con-autismo-les-gustaria-que-supieras/#sthash.R1WgdF4d.dpuf