Imagem

A Terapia Ocupacional (T.O.) pode ajudar crianças, adolescentes e adultos portadores síndromes, como autismo e Down, a desenvolver e manter habilidades que os tornarão mais independentes. Com foco no desenvolvimento da coordenação motora grossa e fina, e nos cuidados com si próprios, a T.O. também trabalha as habilidades de interação da pessoa, aumentado sua capacidade de socialização.

Aplicada por um profissional graduado, a T.O. reabilita os aspectos motores, perceptivos e cognitivos nas áreas motora (coordenação, força, amplitude, articular, funcionalidade e destreza), perceptiva (tato, paladar, olfato, visão e audição) e cognitiva (integração das funções das duas outras áreas).

A melhora da qualidade de vida proporcionada pela T.O. é visível no cotidiano da pessoa, que passa a ter autonomia para vestir-se, alimentar-se, ir ao banheiro, além de transitar com mais desenvoltura em ambientes sociais.

Fonte: Desvendando o Autismo.