Imagem

A Autism Speaks, fundação dedicada à pesquisa em tratamento, prevenção e cura para o autismo, elaborou um guia prático para ajudar crianças portadoras de autismo a dormirem e/ou manterem o ciclo de sono.

A dificuldade para dormir que normalmente é característica da síndrome de autismo ocorre em função da falha de regulação da base neurológica.

Crianças que não apresentam autismo, mas carregam disfunção de processamento sensorial também podem ter dificuldades para adormecer e manter o sono, além de acordarem muito cedo.

As dicas fornecidas pelo guia são baseadas em cinco pontos: ambiente confortável para dormir, hábitos regulares na hora de dormir, treinamento para a criança dormir sozinha, encorajamento de comportamentos na rotina da criança que levam ao sono e adoção de recursos diferentes para a criança acordar e se acalmar.

Os recursos para dormir e acordar podem ser escolhidos em conjunto e de acordo com o gosto e hábitos da criança – livros, bichos de pelúcia e roupas, por exemplo.

O guia recomenda ainda que as pequenas sonecas durante o dia, necessárias principalmente para as crianças em idade pré-escolar, não devem ocorrer no final da tarde, para não interferir e prejudicar o horário do sono noturno.

O guia pode ser baixado gratuitamente no site http://www.autismspeaks.org/science/resources-programs/autism-treatment-network/tools-you-can-use/sleep-tool-kit

Fonte: http://www.maedecriancassuperdotadas.blogspot.com.br