Criança índigo e criança cristal

Imagem

Existe uma teoria, sobretudo entre adeptos da religião espírita, de que entre nós, seres humanos, existem serem evoluídos que optaram por reencarnar na Terra com o intuito de ajudar na evolução da humanidade. De acordo com essa crença, não somos capazes de identificar esses seres, a não ser pelo desempenho excepcional que eles apresentam em determinadas e variadas áreas de conhecimento. Muitos acreditam ainda que, ao nascerem, esses seres já apresentam características de comportamento que “entregam” sua missão no mundo: são as chamadas crianças Cristal e Índigo.

Uma vez que a missão dessas crianças é buscar novas formas tanto de organização familiar quanto social, trazendo novas energias para o planeta Terra, os principais traços da personalidade dessas crianças, de acordo com a teoria, seriam os comportamento desafiadores e questionadores.

As crianças Índigo, além de pioneiras, seriam extremamente talentosas, amorosas, sensíveis e intuitivas. Já as crianças Cristal seriam seres de vibração muito alta, extremamente sábias, que tanto na infância quanto adolescência aparentam estar sob constante estresse, pois “captam” a energia de todos à sua volta.

A missão de crianças Cristal extrapola os limites familiares, e elas são consideradas “construtoras”, enquanto as crianças Índigo são consideradas “demolidoras”. Uma abriria espaço entre os ultrapassados paradigmas, enquanto a outra construiria novos e mais eficazes paradigmas.

A princípio, essa teoria não parece muito diferente das histórias de ficção científica, de humor ou não, que já assistimos algumas vezes na televisão e no cinema. A diferença, para os espíritas, é que esses seres necessariamente estão comprometidos com o bem-estar e a evolução espiritual de todos.

Por quê esses seres viriam para a Terra? O que há aqui? Os espíritas acreditam, acima de tudo, que existem outros planetas habitados além da Terra, muitos deles mais evoluídos, e outros ainda mais atrasados. A Terra seria um planeta chamado de expiação, no qual os espíritos reencarnariam com o objetivo de corrigirem seus erros passados, tornando-se cada vez melhores, e a cada reencarnação mais próximos de habitar planetas mais evoluídos, onde o amor, e não a dor, predomina.

Ainda segundo a religião espírita, aos poucos a Terra está superando esse caráter expiatório, para se aproximar dos planetas caracterizados pelo amor. O papel dessas crianças, portanto, seria nos conduzir para esse novo patamar existencial.

2 thoughts on “Criança índigo e criança cristal

    1. Olá Helena!
      Optei por esse tempo verbal em algumas postagens porque as conclusões e afirmações apresentadas são baseadas em teorias e correntes de pensamento específicas. Assim, ao se mudar a abordagem do tema, surgem novas conclusões. Quis evitar, portanto, ser muito categórica, apresentando estas conclusões como verdades definitivas.
      Abraços e obrigada por sua visita!
      Silvana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s